Zé Paulo





Discografia





Vídeos





Redes Sociais



FACEBOOK | INSTAGRAM




Biografia



José Paulo Ferreira Sierra, conhecido apenas como Zé Paulo ou Zé Paulo Sierra (Rio de Janeiro, 22 de abril de 1976), é um compositor e intérprete de samba-enredo brasileiro. Atualmente é o intérprete oficial da Unidos do Viradouro.

Zé Paulo Sierra (ao centro), durante o desfile da Viradouro em 2016. Iniciou sua carreira em 1988 no extinto Bloco Chupeta da Abolição mas logo foi como compositor para a escola de samba Difícil é o Nome, permanecendo lá por 2 anos na escola mirim Aprendizes do Salgueiro como cantor e compositor. Ingressou na Caprichosos em 1993 através de um concurso de cantores de samba e foi apoio de Luizito. Em 1995, ainda na Caprichosos, ao lado de Carlinhos de Pilares defendeu o samba de sua autoria, “Samba Sabor Chocolate”. Foi o mais novo intérprete do grupo de acesso quando assumiu o microfone principal da Unidos da Ponte em 1997. No mesmo ano retornou à Caprichosos onde teve a oportunidade de cantar ao lado de Jackson Martins. Foi o intérprete oficial do Arranco no Grupo de Acesso em 2006 com o samba que venceu do Estandarte de Ouro: “Gueledés, o Retrato da Alma”. foi auxiliar de Leonardo Bessa na São Clemente em 2007 e ainda fez parte do carro de som da Mangueira nos anos de 2007 e 2008.

No ano de 2008 retornou à Caprichosos de Pilares, desta vez como intérprete oficial, ficando até 2009. Pela escola de Pilares, foi o ganhador dos prêmios Sambanet, Troféu Jorge Lafond e do site O Carnaval Carioca. Em 2010, passou a ser interprete oficial da Mangueira ao lado de Rixxah e Luizito. Em 2011, com Luizito e agora Ciganerey. No mesmo ano, teve uma passagem pela X-9 Paulistana em São Paulo. Em 2013, continuou na Mangueira, mas agora formando um quarteto com Luizito, Ciganerey e Agnaldo Amaral. Durante o pré-carnaval, teve que passar por uma cirurgia por conta de uma leucoplasia na laringe. Após o carnaval, se desligou da agremiação. Em 2014, acertou com a Viradouro, escola onde permanece desde então. Pela vermelha e branca de Niterói, foi campeão da Série A nos carnavais de 2014 e 2018.

Em 2016, Zé Paulo foi autor do samba-enredo da Unidos da Tijuca ao lado de Dudu Nobre, Gusttavo Clarão, Claudio Mattos e Paulo Oliveira. Em São Paulo, foi um dos autores do samba da Unidos de Vila Maria em homenagem a Nossa Senhora Aparecida no carnaval de 2017, além de compor os sambas-enredo da Nenê de Vila Matilde desde 2016.